Bocejos são contagiosos também em cães


Todos já escutaram que os bocejos são contagiosos. E realmente existe uma teoria defendida por pesquisadores e cientistas que eles acontecem por empatia de natureza emocional. 

Mas um ponto interessante é que não somos os únicos a exprimir nossa preguiça pelo bocejo. Os cães também podem bocejar quando estão sozinhos, e o mais surpreendente: eles também bocejam ao ver um humano bocejando, diz pesquisa.
Karine Silva, pesquisadora da Universidade do Porto-Portugal, diz que “inesperadamente, os resultados mostraram uma interessante interação entre o contágio do bocejo e os efeitos sociais”. E complementa ressaltando que não são apenas os cães que imitam os bocejos humanos.


Outra pesquisa destacou que a imitação dos bocejos também está presente em babuínos. “A Modulação Social do bocejo contagioso, como observado em espécies de primatas, tem sido interpretada como um apoio à sugestão de que a captura do bocejo do outro pode ser uma resposta empática”, escrevem os cientistas de uma pesquisa publicada na revista “Biology Letters”, em 2008.
Parte da pesquisa da Universidade do Porto foi realizada na casa dos animais e os testes baseavam na emissão de sons de bocejadas dos donos e outros seres humanos.
Quarenta por cento dos cães testados acabaram bocejando durante o experimento, sendo mais frequentes quando os cães estavam ouvindo o bocejo de seus donos.
“O estudo poderá, por exemplo, ser uma ferramenta complementar útil para selecionar os cães mais adequados para uso terapêutico em termos de processamento empático para tarefas específicas”, observa os pesquisadores.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comentários:

Ariel Machado disse...

Tentei isso com o nego e não deu certo. kkk

Postar um comentário